Biossegurança e a Estética.

A Biossegurança e a Estética estão diretamente ligadas, visto que a biossegurança em si é o conjunto de estudos fundamentais para qualquer profissional que atue nessa área.

Mas será que os profissionais realmente conhecem o real significado dessas práticas diante de todas as recomendações dadas?

O que é Biossegurança?

A Biossegurança é o conjunto de procedimentos adaptados para o espaço de saúde e estética, assegurando a proteção e a segurança do paciente, assim como a do profissional.

A biossegurança tem como papel principal orientar e auxiliar os profissionais de saúde e estética.

O objetivo é de diminuir a transmissão de doenças através do emprego de uma série de medidas de controle dentro de clínicas, hospitais, centros de estética entre outros.

Portanto para que o conjuntos de normas de biossegurança possam ocorrer de forma efetiva é preciso contar com o auxílio de equipamentos específicos de esterilização e desinfecção.

Esterilização e Desinfecção.

Consequentemente a esterilização é sem dúvida uma das medidas de biossegurança na estética mais fundamentais.

Essa prática evita qualquer tipo de transmissão de agentes causadores de doenças, como por exemplo o Covid-19 (família de vírus que causam infecções respiratórias e tem matado muitas pessoas no mundo todo).

A esterilização é extremamente importante nos serviços de saúde como hospitais, clínicas e consultórios odontológicos, mas também é fundamental em salões de beleza, centros de estética, estúdios de tatuagens entre outros.

 O equipamento de esterilização mais recomendado pela ANVISA atualmente são as autoclaves.

Da mesma forma esse equipamento é obrigatório nesses estabelecimentos, mas o sucesso e a garantia da esterilização e a segurança do paciente dependem também de alguns passos fundamentais que o profissional responsável precisa tomar. Ou seja, são várias as medidas e cada passo é importante.

As autoclaves são disponibilizadas por empresas como a Sanders, e certamente possuem diversas opções de tamanhos para os mais variados tipos de serviços e orçamentos.

Atenção aos profissionais de estética.

A primeira coisa que um profissional precisa mensurar ao abrir um centro de estética é: “se os equipamentos que vão garantir a biossegurança no local estão de acordo com as necessidades de cada ambiente”.

Pois a complexidade de cada ambiente implica em diferentes tipos e tamanhos de equipamentos, mesmo que o processo seja bastante semelhante para todos eles.

Esses equipamentos de esterilização são fundamentais para qualquer centro de estética, fica impossível ter um espaço sem a presença de pelo menos uma autoclave.

Da mesma forma é de suma importância que o profissional responsável pelo centro de estética compartilhe essas informações com todos da equipe.

Assim como é essencial fazer reuniões regulares para avaliar como as medidas de biossegurança estão sendo tomadas e se todos da equipe estão cientes da importância dessas medidas.

Algumas medidas que devem sempre ser passadas e garantidas pelo profissional de saúde assim como a sua equipe são:
  • Mão limpas: A higiene do profissional é tão importante quanto a utilização de qualquer equipamento, o cuidado com as mãos por exemplo é fundamental para garantir a saúde, pois as mãos constituem a principal via de transmissão de micro-organismos durante a assistência prestada aos pacientes.
  • Cumprir as normas sanitárias: Além dos equipamentos de biossegurança todo estabelecimento de estética deve respeitas a legislação sanitária vigente, dentre algumas regras gerais estão:
    1. O estabelecimento deve possuir lixeira de pedra com sacos plásticos mas, descartáveis para materiais contaminados, além disso deve conter lavatórios com sabonete líquido e papel toalha.
    2. Maca com a superfície lisa e lavável, mas com lençóis descartáveis.
    3. Da mesma forma as toucas e faixas devem ser descartáveis entre outros.
    4. Possuir paredes e pisos lisos e impermeáveis, evitando qualquer acúmulo de micro-organismos, poeira, secreções etc.
Cabe ao profissional antes de cada tratamento:
  • Fazer á higiene das próprias mãos mas de forma adequada;
  • Fazer a antissepsia das mãos do cliente antes do procedimento acima de tudo evitando infecções;
  • Quando o uso de luvas for necessário, optar pelas descartáveis e retirá-las somente quando terminar o serviço;
  • Toalhas e lençóis devem ser de uso exclusivo de cada cliente, ou seja, não se deve nunca utilizar a mesma toalha ou o mesmo lençol em dois clientes.

A Sanders do Brasil possui soluções para biossegurança, como autoclaves, lavadoras ultrassônicas, reprocessadoras de endoscópios, termodesinfectoras, entre outros, todos equipamentos destinados a segurança do paciente e dos operadores.
Conheça nossas linhas de produtos, acesse nosso site: www.sandersdobrasil.com.br .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *